[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

American Refining Group entra em JV com Amyris e Cosan

O American Refining Group (ARG) e Novvi, uma joint venture entre Amyris e Cosan, anunciaram hoje que o ARG se comprometeu com o investimento de capital de 33,3% na joint venture. Ambos, Amyris e Cosan, continuam a deter participação acionária da Novvi, juntamente com o ARG.

Os produtos e tecnologia da Novvi são reconhecidos pelo mercado global de lubrificantes por fornecer soluções sustentáveis e de alto desempenho para uma variedade de aplicações. Novvi espera que a parceria com o ARG acelere seu crescimento, fornecendo os recursos necessários para garantir produção e capacidade de entrega em grande escala, capaz de atender as expectativas dos clientes.

O ARG possui uma refinaria fundada em 1881, localizada em Bradford, na Pensilvânia, que é a mais antiga refinaria em operação contínua da América do Norte, que converte hidrocarbonetos em óleos, lubrificantes, gasolina e combustíveis, bem como uma ampla variedade de produtos de especialidade.O ARG foi a primeira refinaria a ganhar a certificação “Made in USA”.

O ARG identificou uma mudança nos requisitos do setor e acredita que a joint venture é uma oportunidade para a empresa tornar-se uma das líderes de mercado de produtos renováveis. Os potenciais benefícios abrangem produtos como óleos, lubrificantes, solventes e fluidos de perfuração. Com a parceria, ARG tem interesse nos produtos de origem renovável e ambientalmente eficientes em termos de energia da Amyris, comercializados sob a marca No Compromise®, que possuem aplicações em lubrificantes e até mesmo em combustível para jatos.

Com o apoio do ARG, Amyris e Cosan tem a oportunidade de expandir mais rapidamente seus produtos de origem renovável para o mercado mundial de óleos e lubrificantes, que são estimados em US$ 42 bilhões e US$ 70 bilhões, respectivamente, para 2020.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_