[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Etanol e cana-de-açúcar: NovaCana é o site mais acessado do mundo

Qual é o canal de televisão brasileiro de maior audiência? A resposta evidente para essa pergunta é a Rede Globo. Essa resposta só é unânime pois há uma ferramenta de monitoramento específica para quantificar as audiências dos canais de TV, o famoso IBOPE.

E em relação aos sites mais acessados, no Brasil e no mundo, como identificar os de maior audiência?

Atualmente, devido ao enorme crescimento das plataformas digitais e a sua agilidade em comunicar, tornando a mesma uma referência na busca por conteúdo, conhecer estes dados é cada vez mais relevante.

Esse trabalho de monitoramento na internet em todo o mundo é desenvolvido pela Amazon. Ela é, ao lado do Google, Apple, Facebook e Microsoft, uma das gigantes da tecnologia mundial. A empresa possui um serviço de monitoramento de tráfego da internet conhecido como Alexa, responsável por classificar diariamente todos os sites pelo número de visitantes. Para ordenar os sites mais populares, a Amazon combina o total de visitantes únicos com o número de páginas visualizadas, o resultado é um ranking dos maiores sites do mundo.

Através deste serviço, foi feito um levantamento dos mais conhecidos sites com informações sobre etanol e cana-de-açúcar, incluindo também demais veículos de comunicação, para identificar quais são os mais acessados do mundo. O resultado mostra de maneira absoluta que o novaCana.com é o site sobre o setor mais acessado em todo o mundo.

Atualmente, entre os cinco domínios com maior público do setor, três são brasileiros e dois dos Estados Unidos. Em um recorte por categoria, três são associações criadas para defender os interesses do setor de etanol e dois são veículos de comunicação, focados em oferecer informações de mercado. Cabe ressaltar que Brasil e Estados Unidos são os dois maiores produtores de etanol do mundo.

Apesar de liderar o ranking, o novaCana.com é o mais jovem entre os cinco primeiros colocados. Lançado em 2013, o site vem crescendo através da publicação de conteúdos exclusivos, sobre assuntos atuais, com imparcialidade e independência, tornando-se uma referência. O objetivo do novaCana não é promover o setor de etanol a qualquer custo, mas incentivar o desenvolvimento do Brasil e do mundo através do setor sucroenergético.

A segunda posição, mais distante, é ocupada pela União dos Produtores de Bioenergia. A Udop é uma associação representativa que atua em defesa do setor e tem como um dos principais atrativos a UniUDOP, para capacitação de profissionais. Além disso, a entidade oferece um clipping de notícias abrangente com textos que incluem os temas energia, economia e combustíveis fósseis.

Em terceiro lugar está o site da norte-americana Ethanol Magazine, que tem como principal produto uma revista mensal sobre o mercado de etanol. O site, por sua vez, é uma das melhores referências sobre o dia a dia da indústria sucroenergética nos Estados Unidos e também aborda temas relacionados que afetam as usinas do país.

Ocupando a quarta colocação está a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica), a principal entidade representativa das usinas brasileiras.

O site publica regularmente textos indicando a visão da entidade sobre os assuntos que preocupam seus associados. Um de seus principais atrativos são as atualizações quinzenais, com os números da safra de cana-de-açúcar na região Centro-Sul.

O equivalente da Unica nos Estados Unidos ocupa a quinta posição: a Associação de Combustíveis Renováveis (RFA).

A entidade norte-americana tem uma forte referência na figura de seu presidente, Bob Dineen. Um fervoroso defensor dos interesses dos EUA, ele normalmente entra em oposição aos interesses das usinas brasileiras.

Para construção deste ranking com os cinco maiores sites, foi realizada uma ampla busca, considerando dezenas de empresas e seus respectivos sites. Para identificar informações específicas de qualquer site, a pesquisa pode ser realizada diretamente no próprio sistema da Amazon: www.alexa.com/siteinfo/

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_