[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

FKuR amplia seu portfólio de produtos renováveis

FKuR Kunststoff GmbH, um dos principais produtores de bioplástico, já possui seu próprio portfólio bem estabelecido de biopolímeros, com o Bio-Flex (misturas de copoliéster e PLA), Biograde (polímero com base em celulose), Fibrolon (compostos reforçados com fibras naturais) e Terralene (compostos de PE Verde, da Braskem).

Desde o final de 2013, a empresa oferece também uma gama abrangente de produtos de distribuição. Além do PE Verde da Braskem, FKuR agora também distribui o VESTAMID®Terra, uma biopoliamida da Evonik; assim como GLOBIO, um PET parcialmente derivado de fontes renováveis, produzido pela Toyota Tshusho em parceria com a Lotte Chemical.

Com esta ampla carteira de produtos, a empresa pretende oferecer a facilidade de encontrar uma variedade única de materiais renováveis a partir de uma única fonte. A gama de possíveis aplicações para produtos compostáveis é muito ampla, como aplicações em embalagens para alimentos, por exemplo.

Os biopolímeros PE, PA e PET podem ser aplicados em bens duráveis, não biodegradáveis. Todos possuem as mesmas características que seus equivalentes fósseis e podem ser amplamente utilizados na indústria de embalagens. Laminados dos biopolímeros PE com PET ou PA podem aumentar significativamente as propriedades de barreira do material, aumentando a vida de prateleira dos produtos.

FKuR pretende apresentar estes e outros destaques na feira Interpack, que será realizada em maio, em Düsseldorf, Alemanha. Durante Interpack, FKuR também irá exibir a primeira aplicação do Bio-Flex F6611, que foi convertido através de termoformagem em uma bandeja para alimentos, resistente ao calor e totalmente compostável. O Bio-Flex F6611 é um polímero de PLA, biodegradável, livre de OGM, ideal para ser utilizado em termoformagem. A bandeja para alimentos foi produzida por Plastisud, na Itália.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_