[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Rennovia e JM Davy: mais um acordo na área de químicos de origem renovável

Rennovia e Johnson Matthey Davy Technologies (JM Davy) anunciaram hoje um acordo de colaboração para desenvolver e comercializar tecnologias de processo catalítico para a produção de ácido glucárico e ácido adípico, derivados de fontes renováveis.

Com a colaboração, Rennovia e JM Davy planejam desenvolver e demonstrar os processos baseados na tecnologia da Rennovia para a oxidação catalítica da glicose para ácido glucárico, bem como a hidrogenação catalítica de ácido glucárico para o ácido adípico. O objetivo da colaboração é desenvolver e licenciar em conjunto uma tecnologia que permita a produção comercial destes produtos químicos.

O ácido adípico derivado do petróleo movimenta um mercado global de bilhões de dólares; suas principais aplicações são em poliamida 6.6, fibras, plásticos de engenharia, polióis poliéster para poliuretanos, e plastificantes ésteres adipato.

As empresas planejam disponibilizar uma tecnologia capaz de produzir ácido adípico derivado de fontes renováveis, equivalente ao produto de fontes fósseis, com um custo inferior e com um impacto ambiental significativamente menor. O Ácido glucárico é um produto químico com ampla aplicação nos segmentos de detergentes, para degelo, cimento e anticorrosivos.

JM Davy é uma empresa global de desenvolvimento e licenciamento de tecnologias para as indústrias químicas. A empresa informou que já licenciou 1,5 milhão de toneladas de produtos químicos de base renovável, utilizando transformações químicas catalíticas. JM Davy é atualmente parceira da Myriant para o desenvolvimento da tecnologia para a produção de 1,4 butanodiol (bioBDO) a partir de ácido succínico.

Rennovia é uma empresa de desenvolvimento de tecnologia voltada para a criação de novos processos para a produção de commodities e especialidades químicas de matérias-primas renováveis. Além do ácido adípico e ácido glucárico, Rennovia também está desenvolvendo um hexametilenediamina derivado de fontes renováveis (HMD), um elemento importante para uma ampla gama de materiais, incluindo poliamidas e poliuretanos.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_