[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Albemarle Corporation conclui aquisição da Rockwood

Albemarle Corporation, sediada em Baton Rouge, Louisiana, anunciou hoje a finalização da aquisição da Rockwood Holdings Inc, nos termos do respectivo contrato e plano de fusão anunciado em julho do ano passado. Embora a transação seja considerada uma fusão, as empresas anunciaram em julho do ano passado que a Albermarle iria comprar todas as ações em circulação da Rockwood em uma transação em dinheiro e ações avaliada coletivamente em aproximadamente US$ 6,2 bilhões.

Albemarle é uma empresa líder em fornecimento de soluções inovadoras de química para clientes em mais de 100 países ao redor do mundo, desenvolvendo, fabricando e comercializando produtos de tecnologia avançada e de alto valor agregado, incluindo compostos de lítio, bromo e derivados, catalisadores e produtos químicos de tratamento de superfície usados em uma ampla gama de aplicações. Já a Rockwood Holdings desenvolve, através de sua empresa de lítio, produtos químicos à base de metal, incluindo sulfetos metálicos, césio e outros produtos de metal especial utilizados em processos químicos, na indústria automobilística e em muitas outras aplicações. Rockwood Lithium possui instalações em Langelsheim, Alemanha, e uma planta de sulfeto de metal em Arnoldstein, Áustria.

Sob os termos do acordo de aquisição, Rockwood tornou-se uma subsidiária integral da Albemarle e cada ação remanescente do estoque comum Rockwood foi convertida no direito de receber US$ 50,65 dólares em dinheiro, sem juros, e 0,4803 de uma ação da nova emissão de ações ordinárias Albemarle. Os acionistas da Albemarle terão uma participação de 70% na empresa combinada, enquanto os acionistas da Rockwood deterão a participação remanescente.

Luke Kissam servirá como presidente e CEO da nova companhia, que vai operar sob o nome de Albemarle. Ele comentou o novo alcance e diversidade nos mercados finais com a fusão, proporcionando um crescimento a longo prazo e a produção de grandes resultados para funcionários, clientes, acionistas e a comunidade onde a companhia atua.

A empresa terá 11 membros em seu conselho de administração composto por oito conselheiros Albemarle e três diretores Rockwood. Jim Nokes continuará a servir como presidente não-executivo da Albemarle.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_