[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Borealis assina contrato para expansão no Brasil

Postado por NEITEC em 19/Mar/2015


A Borealis, produdora de compostos de PP no Brasil, firmou com sucesso um contrato de financiamento no valor de R$ 36,7 milhões com o BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. O financiamento visa a expansão da sua fábrica no Brasil, com o aumento da sua capacidade instalada de compostos de polipropileno, produto que a empresa destina, em sua maioria, para o setor automobilistico no Brasil e em países viizinhos.

O acordo foi assinado formalmente durante uma visita a unidade de Itatiba por uma delegação do BNDES, liderado pelo chefe do Departamento da Indústria Química Gabriel Lourenço Gomes, bem como representantes do HSBC, que apoiou a operação sob a liderança de Leandro Borges.

Na avaliação do BNDES, as futuras instalações e expansões da Borealis irão trazer novas tecnologias para a indústria brasileira de compostos e representarão uma grande conquista para a Borealis Brasil. Ainda, o banco entende que existem muitas outras oportunidades de investimento no setor de produtos químicos no Brasil, e espera que o grupo Borealis possa ser um atuante para transformar essas oportunidades em novos empreendimentos em um futuro próximo.

Na visão da Borealis Brasil, o investimento irá garantir a manutenção do sucesso da empresa no Brasil.

O projeto de expansão da Borealis diz respeito às instalações em Itatiba, que originalmente contava com uma capacidade de 36 mil toneladas ano de fabricação de compostos de PP, com um volume total de investimento de cerca de R$ 100 milhões. O projeto inclui duas novas linhas de extrusão, um novo edifício de produção, novas instalações de armazenagem e a expansão dos serviços existentes.

O acordo faz parte da restruturação da Borealis no Brasil, que contou anteriormente com a transferência de parte da capacidade que a empresa possuia na sua planta de Triunfo, Rio Grande do Sul, para a planta de Itatiba. Tal mudança proporcionou a possibilidade de expansão da empresa, que não tinha espaço para tal projeto em Triunfo, além de ficar mais perto da maioria de seus clientes.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_