[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Braskem anuncia planta de PP nos EUA

A Braskem anunciou em 22/06/2017, construção de nova planta de PP nos Estados-Unidos. Aprovada pelo Conselho de Administração da empresa, a medida visa a ampliação da produção da resina no país e reafirma a intenção da empresa em internacionalizar seus negócios.

 

Prevista para ser instalada na cidade de La Porte, no estado do Texas, a nova planta se somará à unidade já existente no local, ampliando a produção de polipropileno no complexo de 354 mil tolenadas/ano para pouco mais de 800 mil toneladas/ano. A construção ocupará parte dos 800 m2do local e aproveitará a infraestrutura de suporte e logística já existentes. A estratégia de ampliação é baseada também no fato de o país possuir um dos mix de matéria-prima mais favoráveis do mundo em função da produção de energia por gás de xisto, que fornece fontes de insumo de menor custo.

 

Segundo o presidente da Braskem, Fernando Musa, a decisão de ampliar a produção de polipropileno do país foi tomada em função da baixa capacidade instalada no país, que, desde 2016, importa o produto. Ele afirma ainda que a construção da nova planta ajudará a empresa a suprir a crescente demanda dos seus clientes à nível mundial, além de trazer retornos sobre os investimentos atraentes para os acionistas da companhia.

 

A nova unidade fabril de polipropileno será instalada juntamente com a recém implementada planta de Polietileno de Alto Valor Agregado (UTEC), marca desenvolvida pelo grupo para o Polietileno de Ultra-Alto Peso Molecular (PEUAPM), localizada igualmente no complexo de La Porte. A capacidade total de produção de polipropileno da empresa no país totaliza atualmente cerca de 1,5 milhão de toneladas por ano, contando com cinco unidades.

 

 

Fonte: Maxiquim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_