[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Ford investe em impressão 3D de peças automotivas

A Ford Motor está testando a fabricação de grandes peças automotivas termoplásticas com um novo sistema de impressão em 3D da Stratasys.

A impressora Stratasys Infinite-Build 3D produz a peça camada por camada, mas em vez de construir de baixo para cima, ela constrói em uma direção horizontal, introduzindo o polímero em camadas de dentro para fora. Até o momento, a maioria das tecnologias 3D comerciais são relativamente pequenas, mas para a produção de peças automotivas, a capacidade de produzir tamanhos maiores é muito útil.

A Ford prevê a utilização da tecnologia para a prototipagem de grandes peças como para choques, painéis exteriores e painéis de instrumentos.

A plataforma vertical da impressora tem uma área de aproximadamente 76cm por 122cm e é capaz de imprimir peças de quase 2m de comprimento. O sistema também imprime cerca de 10 vezes mais rápido do que outras impressoras comerciais e usa vários recipientes de resina que são substituídos automaticamente através de um braço robótico para que a máquina possa operar por um longo período de tempo sem vigilância.

Embora a tecnologia tenha grande potencial de aplicação em componentes ou peças de reposição personalizadas para veículos de nicho, é necessário um maior desenvolvimento na velocidade de impressão e materiais compatíveis.

Atualmente, a Ford está imprimindo peças usando Ultem 9085, uma mistura de polieterimida para aplicação aeroespacial da Sabic Innovative Plastics, oferecida pela Stratasys para aplicações que exigem resistência térmica e química. A Ford está trabalhando com a Stratasys para desenvolver novos materiais que atendam às necessidades específicas da indústria automotiva.

A montadora também fez parceria com a startup de impressão 3D Carbon3D, cuja tecnologia de produção contínua de interface líquida, embora atualmente limitada a um tamanho de construção menor, oferece ganhos na velocidade de impressão e no acabamento da superfície.

O grupo de pesquisa da Ford está localizado no Centro de Pesquisa e Inovação da Ford em Dearborn, Michigan.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_