[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Poliamida 4.10 da DSM é escolhida para aplicação em Ferrari e Maserati pela Dytech

Postado por NEITEC em 01/Abr/2014


A empresa holandesa Royal DSM anunciou que o EcoPaXX, marca da sua poliamida 4.10 de alta perfomance de origem biológica renovável, foi selecionado para ser aplicado em separadores de vapor de combustível em carros esportivos Ferrari e Maserati pela Dytech-Dynamic Fluid Technologies. A Dytech Dynamic Fluid Technologies, com sede nos arredores de Turim, na Itália, desenvolve e fornece componentes e sistemas de distribuição de combustível para muitas das principais empresas automotivas do mundo.

Essa escolha de poliamida 4.10, segundo a DSM, com o retardante de chama sem halogênio do EcoPaXX Q-KGS6, aumentará a segurança dos carros contra incêndio ao combinar o retardante de chama com o alto nível de resistência química, essencial para essa aplicação. O separador de vapor de combustível é importante para evitar que os vapores atinjam a atmosfera assim como para manter o tanque de combustível sob pressões adequadas. Normalmente, são feitos em poliamida sem retardante de chama, mesmo que as linhas de combustível possuam cobertura externa coextrudada em termoplástico com retardante de chamas.

Segundo o comunicado da DSM, o EcoPaXX oferece alta resistência e impermeabilidade tanto ao combustível convencional quanto ao mais sustentável. Além disso, possui alta estabilidade térmica, muito boa estabilidade dimensional, tendo passado nos testes de impacto a baixa temperatura, impacto após envelhecimento térmico e por combustível, e também em resistência à fadiga. Outra vantagem, além do bom desempenho técnico, é a origem vegetal da poliamida 4.10, que é 70% derivada de recursos renováveis (do óleo de mamona), possuindo certificação de neutralidade em emissão de carbono, desde a extração e processamento até chegar à fábrica.

Mario Zasa, do departamento de pesquisa e desenvolvimento da Dytech, afirma que estão impressionados com o desempenho obtido com novos separadores de vapor de combustível feitos com a poliamida 4.10 da DSM. Ele ainda diz que, ao trabalhar com a DSM, conseguem atender mais uma vez às exigências de soluções de alta qualidade para seus clientes, que são fabricantes de carros de maior prestígio na estrada.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_