[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Dell busca plásticos de pegada zero de carbono e reciclados em ciclo fechado para embalagens e componentes

A companhia de computadores Dell se alinhou com seus parceiros de plásticos para poder atingir suas metas ambientais. A empresa afirmou recentemente que usará plásticos mais “verdes” na produção de algumas de suas embalagens assim como plásticos reciclados em algumas partes dos computadores.

O anúncio se deu com o comprometimento feito no ano passado de uma cadeia de embalagens completamente sem resíduos em 2020, com embalagens feitas em material renovável ou reciclado.

A Dell estaria pretendendo utilizar os plásticos AirCarbon da Newlight Technologies já nesse ano nas embalagens internas de proteção dos novos notebooks Latitude.

A Newlight, companhia da Califórnia, nos Estados Unidos, tem trabalhado em plásticos como polihidroxialcanoatos feitos de reações bioquímicas do ar com gases causadores do efeito estufa como dióxido de carbono ou metano. O dióxido de carbono é gerado em diversos sistemas industriais e de energia, enquanto fontes de metano seriam de aterros ou estações de tratamento de águas residuais.

De acordo com Oliver Campbell, diretor do setor de aquisição de embalagens e de engenharia de embalagens na Dell, o projeto piloto envolve cerca de 500 000 embalagens internas de proteção.

A Dell considera o AirCarbon como um material “carbono-negativo”, visto que sequestra mais carbono do que produz, gerando um impacto líquido positivo ao meio ambiente. A Dell vai começar com o uso nos Estados Unidos e, eventualmente, estender seu uso a nível mundial para a embalagem e outras aplicações. A empresa tem utilizado bambu e palha de trigo, que teriam cortado cerca de 9 mil toneladas de material em embalagem.

Ao mesmo tempo, a Dell escolheu a Wistron GreenTech como fonte de plásticos reciclados recuperados de eletrônicos, afirmando que seria a primeira companhia a integrar a tecnologia industrial usando uma cadeira fechada para plásticos reciclados certificados em um computador.

ABS reciclado também será usado para o suporte e parte traseira do computador e monitor. A Dell é capaz de fazer embalagens e componentes dentro da própria empresa, assim como também depende de fornecedores externos, declarou Campbell.

A Dell vai ampliar esse objetivo de ciclo fechado como um modelo para a reutilização de metais e outros materiais em seu objetivo de utilizar cerca 23 mil toneladas de plástico reciclado e outros materiais sustentáveis até 2020.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_