[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Senai inaugura instituto de inovação em engenharia de polímeros no Rio Grande do Sul

Postado por NEITEC em 11/Mai/2017


O  (Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul), por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), realiza no dia 11 de maio a cerimônia de inauguração do Instituto Senai de Inovação em Engenharia de Polímeros (ISI Engenharia de Polímeros), em São Leopoldo (RS).

 

 

O Instituto, que se origina do Centro Tecnológico de Polímeros Senai (Senai-CETEPO), fundado em outubro de 1992, recebeu investimentos de 28 milhões de reais em estrutura física e tecnológica e conta com uma equipe qualificada, composta por 51 profissionais, sendo 14 doutores e mestres, que o capacitam a atender as mais diversificadas demandas tecnológicas e atuar como indutor de inovações em processos e produtos na cadeia produtiva de plástico, elastômeros, tintas, adesivos, síntese de polímeros, blendas e compósitos. Ele oferece serviços metrológicos; realiza pesquisa, desenvolvimento e inovação; consultoria tecnológica; além de promover cursos e eventos.

 

 

O Instituto é uma unidade credenciada Embrapii e em 2017 dispõe de cerca de R$ 6 milhões de reais para prospectar e executar projetos de PD&I, em parceria com empresas industriais, na sua área de polímeros, sendo o aporte dos recursos financeiros e econômicos para desenvolvimento do projeto compartilhados entre a Embrapii, empresas e o Instituto. “O ISI Engenharia de Polímeros é o primeiro Instituto do Senai – RS (Rio Grande do Sul) a ser uma unidade credenciada a Embrapii, e foi o segundo Instituto Senai em todo o Brasil a ser uma unidade Embrapii”, explica a gerente de Operações Viviane M. Hammel Lovison, responsável pela direção geral do Instituto.

 

Fonte: Abiquim Informa

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_