[Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ] [Escola de Química - UFRJ]

Núcleo de Estudos Industriais e Tecnológicos - UFRJ

centro de excelência na área de Gestão da Inovação, Inteligência Competitiva,
Prospecção Tecnológica e Monitoramento Tecnológico e Mercadológico

Evonik pretende expandir suas análises de ciclo de vida de seus produtos

A empresa Evonik faz análises do ciclo de vida de 70% dos seus produtos e pretende estender a marca para 80% nos seus três seguimentos químicos.

Segundo a diretoria de sustentabilidade, a análise leva em conta o aumento na demanda dos produtos da empresa e a consequência disso no desenvolvimento sustentável da capacidade produtiva, uma vez que análise de ciclo de vida dos produtos deixa mais transparente os impactos dos produtos e dos processos, sendo a base para a tomada de decisões nos novos projetos.

O programa de ciclo de vidas da Evonik vem, desde 2009, com a participação de cientistas e engenheiros, fazendo análises do ciclo de vida de mais de 100 produtos, processos e plantas. Alguns exemplos podem ser citados, como o estudo da resina reativa com fins de marcação de estradas chamada DEGAROUTE®.

A empresa é munida de um largo espectro de métodos analíticos, todos baseados nos padrões internacionais da categoria (ISSO 14040ff) que vão desde o acompanhamento do início da produção até seu descarte (cradle-to-grave). Somados a isso, possuem também todo um acompanhamento do carbono gerado por seus produtos e o aproveitamento diferenciado das fontes energéticas de cada planta dependendo de sua localidade.

Para o desenvolvimento dessas pesquisas a Evonik é parceira do Wuppertal Institute for Climate environment and Energy. Além disso, sua unidade de inovação estratégica a Creavis vem ampliando o programa I2P3 ( Idea to people, planet e profit), em português “Ideias para pessoas, planeta e lucro” que insere os aspectos sociais e ambientais com a mesma importância de outros quesitos econômicos no desenvolvimento de novos processos e produtos.

A Evonik é um grupo Alemão e uma das líderes em especialidades químicas. O seu crescimento que leva em conta a sustentabilidade agrega valor aos seus produtos que compreendem áreas como saúde, nutrição, recursos eficientes e globalização. Atualmente atua em mais de 100 países e gera mais de 33.500 empregos com vendas que giram em torno de 13,5 bilhões de euros.

Fonte: MaxiQuim

COMENTÁRIOS

REDES SOCIAIS_